Ponto de interrogação

Você já investe?

Então, que tal conhecer as vantagens de participar de Ofertas Públicas?

Você tem 10 minutinhos?
Vem que a gente te explica tudo o que você precisa saber para investir em Ofertas Públicas.

Vamos conversar
Botão Fechar

Tire suas dúvidas ao vivo!

Participe de um bate-papo exclusivo com nosso Head de Mercado de Capitais.

[O que é IPO?]

Sabe aquelas notícias que circulam na mídia quando uma empresa entra pela primeira vez na Bolsa em busca de investidores?

É o que chamamos de Oferta Pública Inicial, o famoso IPO (Initial Public Offering) que você já deve ter ouvido falar.

Imagem de noticia em Investnews

[Por que a Bolsa?]

E por que uma empresa decide abrir seu capital?

Bom, é uma maneira da empresa captar recursos em um curto período para investir em suas atividades e continuar crescendo.

São oferecidos lotes de Ações para que você, investidor ou investidora, possa participar dos resultados ou decisões de uma empresa que admira.

Companhia LTDA ou SA

capital fechado, poucos sócios

Setas para direita

IPO

Setas para direita

Companhia de capital aberto

Muitos acionistas

[O que é Follow-On?]

E quando a empresa já está na Bolsa e quer aumentar a quantidade das suas Ações disponíveis no mercado?

Aí damos o nome de Follow-On, também conhecido como Oferta Subsequente.

Esse processo, aliás, é muito utilizado por algumas empresas que são reconhecidas no mercado para atrair novos investidores.

Imagem de noticia em Investnews

A Saudi Aramco, petrolífera estatal saudita, arrecadou US$ 25,6 bilhões em 2019

Icone Casa

IPO
Recorde

Até setembro, houve movimentação de mais de R$ 66 bilhões em 47 operações, entre IPOs e Follow-On

2020
no Brasil

Seta voltada para o lado direito

O Grupo Mateus, quarto maior atacarejo do país, captou R$4,6 bilhões em sua estreia na Bolsa.

Maior IPO
do ano
no Brasil

Seta voltada para o lado direito

A Bolsa brasileira conta hoje com quase 3 milhões de investidores e 332 companhias no mercado de Ações

Empresas
na B3

Seta voltada para o lado direito

IPO
Recorde

A Saudi Aramco, petrolífera estatal saudita, arrecadou US$ 25,6 bilhões em 2019

2020
no Brasil

Até setembro, houve movimentação de mais de R$ 66 bilhões em 47 operações, entre IPOs e Follow-On

Maior IPO
do ano
no Brasil

A Petz, rede de produto para animais, captou R$ 3 bilhões em sua estreia na Bolsa

Empresas
na B3

A Bolsa brasileira conta hoje com quase 3 milhões de investidores e 332 companhias no mercado de Ações

[Oferta Pública]

Você já sabe o que é uma Oferta Pública Inicial. Mas o que é exatamente uma Oferta Pública?

É a operação de emissão e distribuição de Valores Mobiliários, ou seja, venda de títulos emitidos por empresas ou cotas de fundos de investimentos.

A mais conhecida talvez seja a Oferta Pública de Ações. Mas, dentro do universo de Ofertas Públicas, há ofertas de produtos tanto de Renda Fixa quanto de Renda Variável. Olha só:

Ações
FII (Fundos Imobiliários)
FIDC (Fundo de Investimento em Direitos Creditórios)
CRA (Certificado de Recebíveis do Agronegócio)
CRI (Certificados de Recebíveis Imobiliários)
Debêntures
Fundo de Ações

[Mercado de Capitais]

Falar em Ofertas Públicas é falar em Mercado de Capitais.

É o sistema que permite a emissão e distribuição de títulos, conectando quem precisa captar com quem quer investir seus recursos.

Imagem seta

Quer saber mais? É só dar o play!

Mercado Primário

Oferta Pública Primária

Venda de novos títulos emitidos

Dinheiro vai para o caixa da empresa

Imagem de documentoImagem de setasImagem SifrãoImagem Prédio

Mercado Secundário

Oferta Pública Secundária

Venda de títulos existentes

Dinheiro vai para o investidor vendedor

Imagem de documentoImagem de setasImagem SifrãoImagem Pessoa
Imagem seta

Quer saber mais? É só dar o play!

Botão Fechar

Tudo sobre Ofertas Públicas

Por que participar de Ofertas Públicas pode ser uma oportunidade de fazer bons investimentos? Vale a pena? Como investir? Vem descobrir no resumão que fizemos com tudo o que você precisa saber sobre Ofertas Públicas.

Imagem Compartilhar

Compartilhar

[Quem fiscaliza]

Sabia que existe um órgão responsável por regulamentar e fiscalizar o Mercado de Capitais?

É a CVM (Comissão de Valores Mobiliários).

Para ser registrada na CVM, toda Oferta Pública precisa detalhar uma série de informações sobre a companhia ou fundo, como perspectivas da empresa e fatores de risco. O principal documento é chamado de prospecto.

Imagem PrédioImagem de setasImagem de documentoImagem de setasImagem CVMImagem de setasImagem Pessoa

[Igualdade de condições]

Por isso que um dos principais objetivos da CVM tem a ver com você.

Ela dispõe de regulamentos para garantir que todos os participantes atuem com transparência de modo que os investidores tenham igualdade de condições nas Ofertas.

[Como funciona a Oferta Pública]

Vamos imaginar que você leu e analisou um prospecto e avaliou que vale a pena investir na Oferta.
O que acontece, então?

1

Período de reservas

É por meio de uma corretora habilitada que você vai demonstrar seu interesse pela Oferta. Há um preço estimado, mas o valor não é pré-definido pela empresa ou fundo nesse momento.

No período de reservas, é você quem diz quanto pretende investir e o limite de preço por ativo, quando aplicável, que está disposto a pagar.

Imagem PessoaImagem de setasImagem de documentoImagem de setasImagem easynvest

2

Liquidação

Assim que o período de reservas termina, a demanda é analisada a partir do número de ações ou cotas e de interessados. Então, o preço final é definido e divulgado.

Dependendo do caso pode acontecer um rateio: as ações ou cotas disponíveis são divididas e quem estiver participando adquire menos papéis que os solicitados na reserva. Caso a Oferta seja por ordem de chegada, os últimos investidores não participam da Oferta.

Imagem de documentoImagem de setasImagem PrédioImagem de setasImagem Sifrão

[Direito de Subscrição]

Já é acionista ou cotista? Nesse caso, se a empresa ou fundo fizer uma oferta de Follow-On, você ganha o Direito de Subscrição.

Como acionista na empresa ou cotista no fundo, você tem preferência na compra de mais Ações ou cotas emitidas.

Saiba mais

[Veja 5 vantagens]

Agora que você está por dentro dos processos e conhece os principais termos desse mercado, vamos às vantagens de investir em Ofertas Públicas?

Seja sócio de uma empresa que você admira

1

Participar da estreia de uma empresa na Bolsa é uma oportunidade de investir, logo no início, em um negócio com potencial de valorização acelerada. A abertura do capital possibilita que você passe de cliente ou admirador para acionista de um modelo de negócio no qual você acredita.

Potencial de rentabilidade no curto e no longo prazo

2

Além de participar dos possíveis ganhos logo nos primeiros pregões, para Ofertas Públicas de Ações, o acionista tem direito a receber os dividendos anualmente, caso a companhia esteja lucrando. É importante pontuar que são investimentos de maior risco, mas que também trazem possibilidade de lucro.

Diversifique sua carteira de investimentos

3

Investir em uma Oferta Pública é também uma oportunidade de diversificar sua carteira de investimentos. Afinal, você pode adquirir novos papéis de uma empresa ou fundo totalmente inéditos na Bolsa, por exemplo.

Flexibilidade de estratégia de investimento

4

Há diferentes estratégias a se explorar nesse mercado. Participar de um IPO, por exemplo, é uma opção tanto de quem investe no longo prazo e faz buy-and-hold, quanto de quem opera no curto prazo e faz flipagem, ou seja, compra ações no IPO e tenta vender alguns dias depois com lucro.

Cresça junto com a empresa

5

Com a abertura do capital, a companhia pode conquistar maior projeção e credibilidade no mercado. Ao participar desse momento de crescimento, você ganha a possibilidade de lucrar ao longo do tempo com negócios promissores ou empresas já consolidadas no mercado.

Participar da estreia de uma empresa na Bolsa é uma oportunidade de investir, logo no início, em um negócio com potencial de valorização acelerada. A abertura do capital possibilita que você passe de cliente ou admirador para acionista de um modelo de negócio no qual você acredita.

Setas para direita

1

Seja sócio de uma empresa que você admira

Além de participar dos possíveis ganhos logo nos primeiros pregões, para Ofertas Públicas de Ações, o acionista tem direito a receber os dividendos anualmente, caso a companhia esteja lucrando. É importante pontuar que são investimentos de maior risco, mas que também trazem possibilidade de lucro.

Potencial de rentabilidade no curto e no longo prazo

Setas para direita

2

Investir em uma Oferta Pública é também uma oportunidade de diversificar sua carteira de investimentos. Afinal, você pode adquirir novos papéis de uma empresa ou fundo totalmente inéditos na Bolsa, por exemplo.

Diversifique sua carteira de investimentos

Setas para direita

3

Há diferentes estratégias a se explorar nesse mercado. Participar de um IPO, por exemplo, é uma opção tanto de quem investe no longo prazo e faz buy-and-hold, quanto de quem opera no curto prazo e faz flipagem, ou seja, compra ações no IPO e tenta vender alguns dias depois com lucro.

Flexibilidade de estratégia de investimento

Setas para direita

4

Com a abertura do capital, a companhia pode conquistar maior projeção e credibilidade no mercado. Ao participar desse momento de crescimento, você ganha a possibilidade de lucrar ao longo do tempo com negócios promissores ou empresas já consolidadas no mercado.

Cresça junto com a empresa

Setas para direita

5

[Oferta Pública é na Easynvest]

O primeiro passo para aproveitar todas as vantagens é abrir conta em uma corretora. E o melhor lugar para investir em Ofertas Públicas é na Easynvest!

Taxa zero sem cobranças adicionais durante o processo

Reserve a Oferta com praticidade e em poucos cliques

Acompanhe online cada passo do pedido, quando quiser

Além disso, na Easynvest você encontra mais de 400 opções de produtos financeiros de Renda Fixa e Renda Variável e conta com recomendações exclusivas de especialistas certificados. E o melhor: tudo pelo app. Experimente!

Abra sua contaConfira as Ofertas
Imagem de celular com aplicativo easynvest

Ficou com alguma dúvida?
Que tal bater um papo ao vivo com quem entende do assunto?

Participe online de uma sala fechada com número reduzido de investidores e tire suas dúvidas com nosso especialista e Head de Mercado de Capitais Ricardo Vasconcellos.

Chegou a hora de investir

Desperte o investidor dentro de você em apenas três cliques

1

Abra sua conta

Primeiro, faça seu cadastro com a gente. Sem custos ou burocracias.

2

Defina seu perfil

Agora vamos nos conhecer um pouco mais. É nesse momento que descobrimos qual perfil combina mais com você.

3

Invista sem mistério

Tudo pronto. O poder de investir já está nas suas mãos. Vamos começar?

Comece sua jornada
  • Selo Autorregulação Anbima Distribuição de Produtos de Investimentos
  • Selo Autorregulação Anbima Distribuição de Produtos de Investimentos
  • Selo Autorregulação Anbima Distribuição de Produtos de Investimentos
  • Selo Autorregulação Anbima Distribuição de Produtos de Investimentos
  • Selo Autorregulação Anbima Distribuição de Produtos de Investimentos
  • Selo Autorregulação Anbima Ofertas Públicas
  • Selo Autorregulação Anbima
  • Selo Autorregulação Anbima
  • Selo de Tesouro Direto
  • Selo da Comissão de Valores Mobiliários
  • Selo de Autorregulação Anbima de Ofertas Públicas
  • Selo de Autorregulação Anbima Distribuição de Produtos de Investimentos
  • Selo de Autorregulação Anbima
  • Selo de Certifica B3
  • Selo Execution Broker de Programa de Qualificação Operacional B3
  • Selo Retail Broker de Programa de Qualificação Operacional B3
Botão Fechar
Logo Easynvest

Seu lugar está reservado!
Fique de olho no seu e-mail. Em breve enviamos mais informações sobre o bate-papo.